Prémio Nacional da Reabilitação Urbana

Uma propriedade composta por uma habitação em ruínas, terreno de cultivo, vinha e pinhal. Os clientes pretendem recuperar e ampliar a habitação para instalar um empreendimento de Agro-Turismo e ainda construir uma adega e uma área de prova de vinhos, sendo eles viticultores.

Fontes: Prémio Vida Imobiliária

 

Vida Imobiliária

Lisboa, Porto, Coimbra, Melgaço, Carvoeiro e Évora acolhem os projetos vencedores da 5ª edição do Prémio Nacional de Reabilitação Urbana, que foram anunciados na última 4ª feira em cerimónia de gala.

Fonte: Vida Imobiliária

Público Imobiliário, de 5 de Abril

Jornal oficial da Semana da Reabilitação Urbana de Lisboa e do Prémio Nacional de Reabilitação Urbana

TSF

Rádio oficial da Semana da Reabilitação Urbana de Lisboa e do Prémio Nacional de Reabilitação Urbana 2017

Idealista

Já são conhecidos os vencedores da 5ª edição do Prémio Nacional de Reabilitação Urbana (PNRU). Ao todo foram galardoados projetos localizados em Lisboa, Porto, Coimbra, Melgaço, Évora e Carvoeiro, tendo sido entregues nove prémios, quatro dos quais foram menções honrosas

Fonte: Idealista

Jornal Económico

O Prémio Nacional de Reabilitação Urbana recebeu um número recorde de 83 projetos imobiliários, oriundos de 22 concelhos de Portugal Continental e das regiões Autónomas da Madeira e dos Açores.

Fonte: Jornal Económico

Revista Fugas

O sonho de um casal e o trabalho da dupla de arquitectos Correia/Ragazzi fez nascer as Melgaço Alvarinho Houses, dois espaços diferentes por fora e quase gémeos por dentro, onde se está como se estivesse em casa.

Fontes: Público Fugas , Público Fugas (PressReader)

Revista Evasões

As Melgaço Alvarinho Houses inauguraram no ano passado e o nome refere-se às duas casas, de estilos totalmente diferentes, situadas num terreno de dois hectares, onde também há uma piscina ao ar livre, uma vinha de alvarinho que se pode podar e vindimar, e muito espaço para descansar.

Fonte: Evasões

Sapo Viagens

Em Melgaço nasceu um novo alojamento que promete muita coisa, sossego, paz, diversão com os amigos, piscina, lareira, vinhos, queijos, compotas… E o melhor de tudo, e o mais surpreendente, é que o cumpre com distinção. Há poucos alojamentos que se podem gabar de serem tão versáteis e o Melgaço Alvarinho Houses é um desses.

Fonte: Sapo Viagens

C&H Revista Online de Cultura, Lazer e Viagens

Encontrar o descanso absoluto num ambiente de arquitetura e design sofisticado, é o que pode encontrar na Casa das Vigotas, um dos espaços da Melgaço Alvarinho Houses. Num dos socalcos da vinha, sobressai um edifício contemporâneo de três pisos.

Fonte: Canela e Hortelã

Blog Maisena

E por falar em amor. Por falar em paixão. Descobrimos um retiro que vos vai deixar sem reacção. Tudo começou com uma casa em ruínas, pertencente a um pregador da freguesia [mais uma desculpa para escrever um romance]. Pois muito bem, a casa do Clérigo (é assim que chama hoje) foi parar às mãos de dois casais que acreditaram no projecto, no sítio, na magia da envolvente, e tornaram uma casa em ruínas num must-have de relaxe…

Fonte: Blog Maisena

NIT

“18 turismos rurais para visitar em cada distrito de portugal – Viana do Castelo: Melgaço Alvarinho Houses”

Este espaço de agroturismo fica a quatro quilómetros da vila de Melgaço e tem duas casas: a Casa Clérigo e a Casa das Vigotas.

Fonte: NIT

Time Out Lisboa

Diz-se que o Minho rima com Alvarinho, mas pode dizer-se que também rima com caminho. E é um caminho bem longo aquele que tem de se fazer para chegar até este turismo rural assente em duas casas, que abriu em Melgaço no Verão passado..

Fonte: Timeout